Alteração de Contraste: Inserir ContrasteRemover Contraste  Aumento do Texto: Clique aqui para aumentar o textoClique aqui para aumentar o texto
Seja bem-vindo ao Sindicato dos Metalúrgicos de Salto
Receba nossos informativos!

Notícias do Sindicato

Lula chega em Vitória e população agradece oportunidades

A terceira etapa da caravana Lula pelo Brasil começou nesta segunda-feira (4) em Vitória. Os capixabas lotaram a Praça Costa Pereira, na região central da capital, para receber o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Em setembro e outubro, Lula percorreu cidades do Nordeste e do norte de Minas Gerais, respectivamente.

As fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo nos últimos dias deram espaço para o sol e calor, que marcaram este início de caravana. Lula percorre, até sexta-feira (8), cidades do interior do estado, como Cariacica e Cachoeiro do Itapemirim, e segue rumo ao Rio de Janeiro, onde visita cidades do interior, baixada Fluminense e finaliza com um ato na capital dos cariocas.

O ato teve início por volta das 18h, com a apresentação de grupos de músicas típicas indígenas, seguido da fala de lideranças. O presidente chegou pouco antes das 20h e foi precedido da fala de capixabas que tiveram suas vidas impactadas por políticas praticadas nas gestões petistas, como o advogado Carlos Eduardo, que se formou graças ao ProUni.

"Não tenho como lhe pagar pelo que você fez por mim", disse, emocionado, ao ex-presidente. "Meu caro presidente, tenho gratidão. Minha mãe, que hoje se orgulha de ter um filho advogado, pediu também para agradecer. Sou filho de uma cabeleireira e fui muito pobre. Sou o exemplo vivo de que uma política séria, voltada para o público, dá muitos frutos iguais a mim que existem nesse país. Venci e voei alto porque tive oportunidade."

Já Laura Ramos, publicitária que também foi afetada pelo ProUni, chegou cedo ao ato com mensagem similar. Ela estava o tempo todo ao lado de sua mãe, Rosane Ramos. "Além do Lula ser o melhor presidente que o Brasil já teve, ele representa a esperança", disse.

"Não tinha a menor expectativa de entrar na universidade, o que era meu maior sonho. Hoje agradeço porque fui prounista e meu irmão foi o primeiro da família a se formar em uma universidade federal. Tenho uma gratidão imensa aos programas sociais dos governos Lula e Dilma. Hoje estou na pós graduação e sei a importância do ProUni. Foi quando comecei a caminhar", disse.

Já a aposentada Naires Nobre exaltou outra política pública inclusiva dos governos petistas, o Bolsa Família. Ela afirma que o programa a ajudou muito mas, agora, aposentada, não recebe mais o benefício. "Não me importo, porque tem pessoas que precisam. Como tenho minha aposentadoria, deixo para pessoas que não têm", disse.

Durante o ato, dois manifestantes contrários à presença do Lula em Vitória provocaram os mais de mil presentes, mas sem maiores problemas. Foram as únicas manifestações públicas, isoladas, contra a caravana.

Fonte: CUT

Não há mais fotos cadastradas para essa notícia

Créditos: KR Comunicação Integrada